Não podemos aceitar o que o Governo quer fazer com a Billings

Novamente, volto a informar o que São Paulo pretende fazer com nossa Represa Billings

Na época Serra, SP disse que iria aumentar a usina de traição, ou seja, que iria jogar esgoto não tratado em nossa Represa, aguas essas vindas do Rio Pinheiros e Tietê… agora imaginem vocês aquelas aguas em nossa represa?

Entretanto, Serra não conseguiu, pois para construir o tal Rodoanel(que não serviu para nada) precisaria assinar um termo de compromisso de  reflorestamento e proteção da Represa Billings, coisa que ainda não foi feito no Governo Alkimin.

Quem fez todo o trajeto na inauguração e hoje fez novamente, percebe-se que nada mudou para melhor e, aumentaram os números de pedágios e roubos no local… as praças estão ridículas e o local, na parte sul, é local fantasma(você entra, não sabe se vai sair vivo).

Contra o Meio Ambiente Serra tentou, mas como ele sempre foge, nunca cumprindo um mandato desde 1964, já temos a imagem do que irá acontecer se ele for eleito.

O negócio é que, as universidades e jovens de São Bernardo do Campo, não irão deixar este bombeamento irresponsável, mais os cidadãos, que são muitos, que bebem desta água potável, não irão deixar em hipótese alguma.

Nesta gestão do Governo Estadual de 2012, ainda se cogita o bombeamento, que já é feito só que querem aumentar o volume de água.

Luiz Marinho está lutando com unhas e dentes para que isso não ocorra, já Alex Manente, candidato tema a SABESP como principal cabide de empregos prevê mais lucros  ao Deputado.

Diz  notícia em meu email:

EM DEFESA DA REPRESA BILLINGS E DA QUALIDADE DA ÁGUA CONSUMIDA PELOS MORADORES DO GRANDE ABC

O Governo do Estado de São Paulo, através da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE), mantém sobre o Rio Pinheiros, a Usina Elevatória de Traição, localizada próximo à ponte Engenheiro Ari Torre. A usina tem como função reverter às águas poluídas dos rios Tietê e Pinheiros em direção à represa Billings. Não podemos aceitar, pois, isso prejudica o abastecimento de água da Billings, que é utilizada pelos moradores de São Bernardo e Região. Ressalta-se que o volume atual de bombeamento do Rio Pinheiros para a Billings é de 280 m³ por segundo na usina de Traição, e 395 m³ por segundo na usina de Pedreira, a EMAE pretende implantar mais três bombas no rio Pinheiros para aumentar o fluxo de bombeamento para a Represa Billings. Devemos sempre lutar contra essa atitude do Governo Estadual.

Em suma, somos traídos toda vez que há chuvas mais fortes em SP e eles encontraram como solução esta alternativa, ou seja, poluir nossa Represa.

Eu dou outra sugestão… faça como Luiz Marinho, invista… faça muitas ruas com asfalto permeável, pois nós do Grande ABCD encontramos um jeito.

A Deputada Estadual Ana do Carmo colocou propostas e projetos, onde não foram aceitos pelo Serra e nem pelo Alkimin, já os dos outros coligados a ele estão traindo a cidade… abram os olhos não só o Grande ABCD, mas todos que bebem agua potável, pois se um dia faltar para nós, iremos retirar de vocês.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: